Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Vereadores retornam ao Engenho para nova fiscalização

Denúncia anônima sobre possível descarte de materiais do Salão de Humor foi destaque nos jornais



Uma comitiva formada pelos vereadores Rai de Almeida (PT) e Pedro Kawai (PSDB), além de Johão Scarpa, membro do Mandato Coletivo A Cidade é Sua (PV), esteve na manhã desta sexta-feira (23) nas dependências do Engenho Central para fiscalizar como materiais do Salão Internacional de Humor estão sendo transferidos para um novo barracão do Engenho e ali depositados. O descuido nesse processo já havia sido verificado por Rai e Scarpa na manhã dessa quinta (22), ao visitarem o local com outra comitiva, formada também por artistas da cidade, membros do Conselho Municipal de Política Cultural, o Comcult, e da Frente das Culturas.


Diante da repercussão causada na imprensa piracicabana – que veiculou nesta sexta-feira fotos dessa primeira inspeção, enviadas anonimamente aos jornais (como se pode verificar, por exemplo, na edição desta sexta-feira na Gazeta de Piracicaba), a vereadora Rai, Johão Scarpa e agora também o vereador Pedro Kawai (integrante também da Frente Parlamentar de Cultura), estiveram no Engenho para voltar a inspecionar esses barracões e conversar pessoalmente com o secretário da Ação Cultural, Adolpho Queiroz.


A comitiva encontrou, no entanto, os referidos barracões fechados com cadeados. Ato contínuo, o grupo se dirigiu à sede da Secretaria da Ação Cultural, a fim de conversarem com o secretário. Ante uma indisposição inicial por parte do secretário com o grupo, ficou acordado entre as partes que nenhum descarte nem outra ação imediata será feita com os materiais trancafiados nos barracões antes que o grupo – em agenda a ser previamente marcada com o secretário – possa, então, com os barracões devidamente abertos para a fiscalização do Legislativo, siga verificando in loco as condições de tais materiais, sua manutenção e acondicionamento.


“Estivemos ontem, quinta-feira, no Engenho, conversando com o secretário acerca do que vem sendo ventilado por ele e pela Prefeitura sobre a ideia de se transferir a Pinacoteca Municipal Miguel Dutra para um dos barracões de lá. Na sequência, nos deparamos com a falta de zelo e cuidado no armazenamento de alguns materiais. Saímos de lá articulando pedir oficialmente, pelos meios legais do legislativo, explicações sobre aquela situação.


Todavia, e também para nossa surpresa, dada a repercussão de tal questão nos jornais de hoje, entendemos que era preciso voltar imediatamente ao Engenho. Infelizmente, demos com os barracões trancados com cadeados e fomos conversar com o secretário – que estava bastante irritado com nossa presença e também tinha outro compromisso naquele horário.


Depois de rápida conversa e bastante agitada, ficou acertado que não vão mexer nos materiais do Salão sem que estejamos presentes”, comentou Rai de Almeida. “Lamentamos a repercussão negativa dos fatos, mas não podemos jamais deixar de cumprir uma de nossas principais funções no Legislativo, que é a de fiscalizar as ações do Executivo”, conclui a vereadora.


Já o vereador Pedro Kawai destacou a necessidade de esclarecimento da situação. "Fui conferir a denúncia, que de fato precisa ser esclarecida, pois, aparentemente se trata de parte do acervo do maior Salão de Humor do mundo. Os esclarecimentos do secretário são de suma importância para entendermos o que de fato foi descartado e por quê. O Adolpho se comprometeu a não descartar nada, sem antes tivermos uma visita pessoalmente, juntamente com cartunistas, profissionais da secretaria e membros da AHA (Associação dos Amigos do Salão de Humor."





Texto e foto: Assessoria parlamentar

Supervisão: Rodrigo Alves - MTB 42.583

Revisão: Rodrigo Alves - MTB 42.583

34 visualizações0 comentário