Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Vereador destaca importância de destinação de parte do IR a entidades

Kawai defende que contribuintes destinem parte do imposto de renda devido ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente e ao Fundo Municipal do Idoso


Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946

O vereador Pedro Kawai (PSDB) ao fazer o uso da tribuna na noite de ontem, quinta-feira (23), durante a 33ª reunião ordinária de 2021 da Câmara Municipal de Piracicaba, defendeu a importância da destinação de parte do imposto de renda (IR), seja das pessoas físicas, seja das pessoas jurídicas, ao Fumdeca (Fundo Municipal da Criança e do Adolescente) e ao Fmi (Fundo Municipal do Idoso).


"São vários projetos, são 11 projetos de oito entidades, que dependem destes recursos para atender essa população tão importante, que são nossas crianças e adolescentes", disse o vereador sobre o Fumdeca.


Segundo Kawai, as pessoas físicas podem destinar até 6% de seu imposto devido para cada um dos fundos, de forma cumulativa, e as pessoas jurídicas, até 1% do valor total. "É um dinheiro que você vai ter que pagar de qualquer maneira. Quando você paga o seu IR, esse recurso vai para o cofre da União, e aí ele o distribui conforme as suas regras, e nós não sabemos exatamente onde vai o nosso imposto de renda", disse o parlamentar.


Ele também destacou que, ao optar pela destinação dos recursos aos fundos, o contribuinte pode acompanhar mais de perto como eles são empregados: "é uma parcela pequena, 1% ou 6% do seu IR, mas é aquilo que você tem a plena convicção do que está sendo investido. Você pode muito bem acompanhar a execução, o dia a dia, não só daquele projeto, mas também o dia a dia das entidades".


Kawai também destacou quer boa parte das entidades assistenciais do município tiveram uma queda significativa em suas arrecadações, já que eventos e festas beneficentes, a exemplo a Festa das Nações, precisaram ser suspensas por conta da pandemia.


"O grande fomento das entidades é a Festas das Nações, uma grande parte das entidades do nosso município depende dela para bancar pelo menos 70% do seu funcionamento anual. Os outros 30% são vêm de eventos, como jantares e almoços, que também por conta da pandemia não estão acontecendo", disse o vereador.


O parlamentar também parabenizou o Sincop (Sindicato dos Contabilistas de Piracicaba e Região) e o delegado da Receita Federal de Piracicaba pelo trabalho de capacitação que desenvolveram recentemente junto e empresas da cidade, com o intuito de demonstrar aos administradores e funcionários como destinarem seu imposto de renda aos fundos municipais.


"E se você não paga o IR, se você tem essa chance, procure e ajude uma entidade social do nosso município, pois elas precisam da nossa ajuda. (...) Eu tenho certeza que alguma entidade está precisando do seu apoio, seja trabalho voluntário, seja comprando convite para as ações visando arrecadar recursos para as nossas entidades pois isso vai refletir na qualidade de vida das nossas crianças, adolescentes e idosos e, é claro, da sociedade em geral", concluiu Kawai.




Texto: Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212

Supervisão: Rodrigo Alves - MTB 42.583

Revisão: Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212

9 visualizações0 comentário