Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Tenente-coronel do 10ª BPMI tem sua atuação enaltecida em moção

Adriano Manoel Rédua dos Santos atuou no 16º Grupamento de Bombeiros e no 10º BPMI



O vereador Pedro Kawai (PSDB) enalteceu a trajetória profissional do tenente-coronel Adriano Manoel Rédua dos Santos, por iniciar o processo de afastamento para inatividade de carreira na Polícia Militar e pelos serviços prestados ao município. Em Piracicaba, Rédua atuou em duas ocasiões distintas. É de autoria do parlamentar a moção de aplausos 70/2021, entregue na manhã desta sexta-feira (7), na sala da presidência da Câmara Municipal de Piracicaba.


Segundo o vereador Pedro Kawai, o homenageado sempre prestou um serviço de qualidade a toda população e sua postura serve de exemplo a todos os policiais, pela humildade, profissionalismo e liderança. "É o reconhecimento dos 23 vereadores e também da cidade, pelo legado que Rédua deixa para Piracicaba. Temos um sentimento de agradecimento ao trabalho desenvolvido", disse o vereador.


A carreira militar de Rédua teve início em 1991 e exerceu suas atividades em São Paulo, Campinas, Sorocaba e Rio Claro, Americana. Entre 2003 e 2009, trabalhou na sede do 16º Grupamento de Bombeiros de Piracicaba, como chefe de operações, comunicação social e de justiça e disciplina. No mesmo ano, fez curso de gestão pela qualidade e foi promovido a capitão, assumindo a função de chefe da seção operacional.


Em 2020, foi promovido a tenente-coronel, classificado no 10º BPMI (Batalhão de Policia Militar do Interior de Piracicaba), onde durante sua gestão obteve reduções em todos os indicadores, como homicídio doloso (-53,8%), furtos (-10,1%), roubo (-30,2%), furto de veículos (-44,8%), roubo de veículos (-32,4%) e roubo de cargas (-71,4%).


O homenageado lembrou que Piracicaba foi classificada como a segunda cidade com menor índice de exposição ao perigo. “A cada dia as pessoas estão, cada vez mais, com os nervos à flor da pele e precisam saber controlar as emoções. O conjunto ‘homem, máquina, comunicação’, se feito com qualidade, só tem a facilitar. O trabalho de prevenção, em que a unidade controla os seus indicadores e faz os itinerários de viatura, é feito em conjunto às demais forças de segurança da cidade, como o Instituto de Criminalística, a Polícia Federal, a Polícia Civil e a Guarda Municipal”, disse ele.


Rédua também destacou que os desafios para a melhoria nos indicadores foi possível por causa da ação de prevenção primária, através da participação da comunidade, nos conselhos de segurança, em visitas às companhias e ao próprio batalhão. “As informações trazidas pelas comunidades influenciam para fins de planejamento estratégico, além do trabalho dos indicadores criminais, que a PM já faz há anos”, completou.


Presente da entrega da homenagem, o major Marcelo de Oliveira, que responde interinamente como comandante do 10º BPMI, também teceu comentários elogiosos à carreira de Rédua. “O conheci ainda como major, tive a oportunidade de trabalhar ao seu lado em Americana, onde aprendi muito com ele, que sempre desenvolveu ações em prol da gestão da qualidade. Com a chegada dele para Piracicaba, tivemos um ganho na qualidade dos nossos serviços, por ser uma pessoa preocupada com o cidadão e com os profissionais da segurança pública”, classificou.






Texto: Rodrigo Alves - MTB 42.583

Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343

Foto: Davi Negri - MTB 20.499

3 visualizações0 comentário