Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Propositura destaca lançamento do livro “E aí, professor Caixeta?”

José Vicente Caixeta Filho, professor da Esalq em vias de aposentadoria e ex-secretário municipal de transportes, receberá moção de aplausos aprovada pela Câmara


Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946

O professor do Departamento de Economia, Administração e Sociologia da Esalq (Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz, da USP) e coordenador e fundador do Esalq-LOG (Grupo de Pesquisa e Extensão em Logística Agroindustrial), José Vicente Caixeta Filho, será homenageado com uma moção de aplausos da Câmara Municipal de Piracicaba que enaltece o lançamento do livro "E aí, professor Caixeta?", um compêndio de relatos pessoas e profissionais feitos pelo autor em suas redes sociais ao longo de 2021.


Proposta pelo vereador Pedro Kawai (PSDB), a moção 46/2022 foi aprovada por todos os parlamentares presentes à 6ª reunião ordinária de 2022, que foi realizada por meio do Sistema de Deliberação Remota na noite desta segunda-feira (21).


Segundo o texto da propositura, "a venda das edições terá os honorários relativos aos direitos autorais obtidos com a comercialização da obra revertidos para os projetos sociais de uma entidade beneficente da cidade de Piracicaba, a Muccap (Associação Pró Mutirão da Casa Popular de Piracicaba) – entidade fundada e coordenada pela assistente social Ivani Fava Neves".


A moção ainda lembra que Caixeta "ocupou o cargo de diretor da tradicional escola entre 2011 e 2014" e que ele "possui diversas especializações internacionais como na Austrália, Alemanha e nos Estados Unidos", e destaca, ainda, que ele já foi secretário municipal de Trânsito e Transportes.


A propositura também diz que Caixeta comandará um programa de entrevistas, o ‘E Aí? Toc Xou’, que será exibido em um site próprio. "A proposta do programa é a de contar histórias para que os espectadores se inspirem e aprendam com os entrevistados", traz o texto da moção de aplausos.


A honraria será entregue em data e local a serem definidos.




Texto: Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212

Supervisão: Rodrigo Alves - MTB 42.583

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Lembro-me quando, pela primeira vez, trabalhei na Festa das Nações. Tinha 12 anos e, com meu pai e irmã, ajudei na montagem da barraca japonesa. Limpava e servia as mesas e varria o chão. Me sentia im