Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Prevenção ao suicídio é tema de fala na tribuna

“Assunto precisa ser discutido não apenas durante o setembro amarelo”, diz vereador


O vereador Pedro Kawai (PSDB), ao fazer o uso regimental da tribuna por 10 minutos na noite de ontem (02), durante a 28ª reunião ordinária de 2021, defendeu que a prevenção ao suicídio seja um tema amplamente debatido pela sociedade, para além das discussões promovidas ao longo do mês de setembro, nas atividades do “setembro amarelo”, voltadas à temática.


“Uso essa tribuna para lembrar que vivemos uma pandemia há mais de um ano e, infelizmente, o número de jovens com depressão durante a pandemia, que é a porta de entrada disso tudo, esse número dobrou. Tivemos o afastamento das escolas, das atividades esportivas, do convívio social em geral. A pandemia veio agravar tudo isso”, disse o parlamentar.


Segundo Pedro Kawai, que apresentou uma estatística da Associação Brasileira de Psiquiatria, o Brasil possui uma média diária de 32 casos de suicídios: “é mais do que um suicídio por hora em nosso país”, lembrou o vereador.


Kawai também defendeu a necessidade de maior atenção e afeto às pessoas nas relações cotidianas, para além do mundo digital: “os olhos são o reflexo da alma, as janelas da alma. Vamos olhar no olho, conviver pessoalmente. E vamos tentar ser mais humanos e menos digitais, pois isso pode salvar uma vida”.


O parlamentar também frisou a importância do suporte e assistência às pessoas que passam por dificuldades, sejam elas de ordem emocional, sejam de ordem material: “eu vou citar a perda recente do meu pai... Dói muito, e tem muita gente que não consegue reagir a uma dor dessas. A perda de um amor, a falência de uma empresa, isso pode levar as pessoas a precisarem de uma atenção especial, de alguém externo, alguém que veja diferente, que analise diferentemente o dia a dia dela. Se cada um de nós, não só em setembro, mas fizermos isso todos os dias, com certeza salvaremos uma vida. Seja onde estivermos, vamos olhar para as pessoas”, discursou Kawai.


Para o vereador, a sociedade também precisa ser mais tolerante e reagir com menos ódio aos estímulos que recebe, e citou como exemplo o acirramento das discussões e brigas, especialmente pelas redes sociais: “Quem aqui nunca entrou em desavença por conta de uma discussão no WhatsApp, seja na família, seja com amigos?”, lembrou o parlamentar.


Ele também aproveitou o tempo na tribuna para lembrar ao público do minicurso "Eu me amo(!?): amores e (des)apegos na prevenção do suicídio e da autolesão”, que será promovido pela Escola do Legislativo no dia 17/09, sexta-feira, das 14 às 17 horas, e cuja inscrição vai até o dia 16/09.


O parlamentar também lembrou do trabalho voluntário desenvolvido pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), que oferece 24 horas por dia, através do telefone 188, apoio emocional gratuito a quem dele precisa.


Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946

13 visualizações0 comentário