Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

PIRACICABA 254 ANOS



Às vezes me sento próximo ao Casarão do Turismo, na Rua do Porto, e fico observando o nosso rio, tentando imaginar como seria o local encontrado pelo capitão Antônio Correia Barbosa, naquele dia 1º de agosto de 1767. A julgar pelo clima desses últimos dias, é provável que estivesse frio, e que ele, cansado, teria encontrado alguma sombra para fazer um abrigo improvisado, acender uma fogueira e se recostar sobre uma pedra.


Talvez muitos não saibam que o fundador desobedeceu a uma ordem expressa do capitão-general, ao qual era subordinado, fundando a nossa cidade a cerca de setenta quilômetros acima do ponto que deveria se estabelecer, conforme relata Mário Neme, no livro “A História da fundação de Piracicaba”, reeditado pelo Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba, em 2009.


Assim, Piracicaba nasce com um espírito libertário, consolidado 122 anos depois, por Prudente de Moraes, que proclama a República, libertando definitivamente, a nação dos domínios imperiais, tornando a “res” pública, ou seja, a “coisa do povo”.


Hoje, 254 anos depois de sua fundação, Piracicaba se consagra polo de uma região metropolitana com mais de 1 milhão de habitantes, os quais, direta ou indiretamente, interagem com o nosso município, movimentando uma importante parcela da economia do interior paulista, a qual contribui fortemente para a constituição do Produto Interno Bruto do nosso país.


Com a contribuição de todos os prefeitos que já administraram esta cidade e, em especial, pelos governos do meu partido, conquistamos a incrível marca de 100% do esgoto coletado e nos tornamos referência nacional em educação.


Ganhamos, neste último século, a condição de Capital Nacional do Humor Gráfico, com o Salão Internacional de Humor; entramos no roteiro dos grandes centros culturais com nossos salões de artes plásticas; nos tornamos a primeira cidade do Estado de São Paulo a ter transporte público integrado em terminais regionais; passamos a envolver a população na elaboração do orçamento público, através do Orçamento Participativo; ampliamos expressivamente o número de unidades de ensino, levando educação de qualidade para todos os bairros do município; abrimos novas ruas, avenidas, ligamos o acesso por pontes, viadutos; construímos teatros, museus, escolas, praças esportivas, academias ao ar livre e, mais recentemente, um hospital regional de grande porte, fundamental para o atendimento da pior crise sanitária da nossa história, a pandemia da Covid-19.


Fizemos tudo isso, sem deixar o nosso jeito simples de ser caipira, uma característica que nos torna únicos e especiais, como o nosso próprio sotaque.


Piracicaba é mais que uma cidade, como qualquer outra do Estado de São Paulo ou do Brasil. Somos a terra da pamonha, do XV, do rio Piracicaba que corre pelas nossas veias e, que, às vezes, joga água para fora. Uma cidade que se orgulha do seu passado e que constrói o futuro com a visão empreendedora de toda a sociedade.


Cada morador tem papel importante na construção dessa história e, sendo vereador de Piracicaba, vivo essa história também com um protagonismo significativo, trazendo recursos para a cidade, incentivando o ensino, a pesquisa, o desenvolvimento de novas tecnologias, defendendo a cultura e a educação, e, como parlamentar, elaborando leis que ajudem a melhorar a vida das pessoas e o desenvolvimento sustentável do município.


Neste 1º de agosto, mais que desejar as minhas felicitações, devo agradecer. Agradecer por ter nascido nesta terra. Agradecer, em nome do meu saudoso pai, Naoki Kawai que, assim como tantos, escolheu Piracicaba como sua cidade, aos que um dia me inspiraram e me incentivaram a me colocar a serviço da cidade como vereador e, acima de tudo, a todos os que depositaram o seu voto e a sua confiança no meu trabalho, que não é outro, senão honrar a enorme responsabilidade que me foi delegada.


Muito obrigado e “FelizCidade” a todos!


Pedro Kawai é vereador pelo PSDB

21 visualizações0 comentário