top of page
Buscar
  • Foto do escritorVereador Pedro Kawai

O que o TCE não viu nas contas do prefeito Luciano em 2021




Nos últimos dias, percebeu-se uma certa insistência do Centro de Comunicação Social da Prefeitura de Piracicaba em divulgar a notícia do relatório do TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) sobre a aprovação das contas do prefeito Luciano Almeida (PP) do ano de 2021, o primeiro de sua gestão. A mesma notícia foi postada no próprio portal do Executivo, incluindo uma foto do prefeito.


Com movimentação eleitoral atípica há meses, com pelo menos cinco candidatos já declarados como pré-candidatos a prefeito nas eleições para o ano de 2024, o termômetro político municipal anda aquecido. Aliás, como dito na coluna “Caldeirão Político”, de A Tribuna, do jornalista Evaldo Vicente, a “chaleira” política está fervendo.


Por isso, nos últimos dias, nas rodinhas de conversas, no WhatsApp e na “fofoca” mesmo, surgiram comentários sobre a matéria. Um deles me chamou a atenção e compartilho com vocês: “Era óbvio que as contas do Luciano seriam aprovadas, não fez nada no primeiro ano”.


Também foi essa a sensação que tive e que muitas pessoas tiveram sobre a gestão municipal do prefeito e sua equipe de secretários, “técnicos”, como diz o próprio Luciano.


Daí fica a pergunta: “com pouquíssimas ações, o que o TCE poderia apontar de irregular?”


E ouso responder: “acho que nada”.


Mas, o que as pessoas do meio político dizem, principalmente as lideranças comunitárias e os vereadores da oposição, é bem diferente. Todos, mas todos mesmo, são unânimes em afirmar que desde o seu início o governo Luciano Almeida vai mal, vai muito mal, porque praticamente interrompeu uma série de boas ações sociais no município, prejudicando setores e pessoas.


O que, com certeza, os técnicos do Tribunal de Contas não sabem, porque não aparece nos documentos municipais, é o que o prefeito Luciano Almeida deixou de realizar ou atender no ano de 2021.


Acredito — e chego a apostar — que os técnicos não sabem dos fiascos das licitações que o governo Luciano Almeida tentou, sempre acabando por optar por “contratações emergenciais”, e creio que na hora certa saberão.


Por mais que os técnicos, quando aqui estão, verifiquem essas licitações por amostragens, com certeza, diante de tantas, encontrarão questionamentos e irregularidades. Destas ainda vamos esperar realmente o relatório oficial do Tribunal. Foram milhões gastos nessas contratações, pouco ou quase nada explicadas.


Mas, realmente falando em contas do ano de 2021, já na gestão de Luciano Almeida, os técnicos, por mais que tivessem procurado qualquer processo, contrato, licitação para aferição, não iriam encontrar, pois o prefeito e sua equipe “técnica” passaram um ano desfilando nas redes sociais, choramingando a respeito da gestão passada, porque nada tinham a oferecer à cidade e nada fizeram, optando pela destruição dos projetos sociais existentes e dos aparelhos municipais sendo destruídos, simplesmente para apagar uma marca do que estava certo e tinha dado certo para a cidade há anos.


Desde o início do governo, o prefeito Luciano Almeida quis passar a imagem de bom gestor, moderno e da mudança. Mas, pra mim, o que vale mesmo é o que a população sente com a falta dos bons serviços públicos em seu dia a dia.


O que se viu no primeiro ano da gestão do prefeito? Nada, realmente nada!


Embora se “propagandeie” como “moderno e inovador”, Luciano sequer foi capaz de apresentar um balanço nos 100 dias de seu governo. Pela minha vivência política, nos 100 dias de gestão, o prefeito quis apresentar as suas ações, o seu choque de gestão. Só que não! Luciano mudou e apresentou uma expectativa de ações por volta dos 200 dias, assim fica difícil ver ou apontar as tão propaladas ações de Luciano na campanha para a vida real da nossa população.


A mudança, como diz o caboclo, foi um traque, ou até um “traquinho”, aproveitando os festejos juninos.


Aguardaremos o relatório do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, que vai analisar muitos contratos da atual gestão. Daí vamos falar em contas aprovadas.


“O governo Luciano vai mal. Vai de mal a pior”. Esse e outros comentários na mesma linha são constantes em qualquer rodinha política, na Câmara, nas empresas, no comércio, nos bairros. Como percebo todos os dias, o sentimento geral é de que a cidade está abandonada.


A população precisa e quer comprometimento! A população quer e precisa urgentemente de um gestor experiente e, mais ainda, de alguém que esteja perto do povo, que acolha, que Execute, que olhe nos olhos de igual para igual sem ar de prepotência, que percorra os bairros e trabalhe todos os dias pelo bem das pessoas. É o mínimo que se espera de um gestor público.


* Pedro Kawai é vereador pelo PSDB em Piracicaba

18 visualizações0 comentário

Komentarze


bottom of page