Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Necessidade da cobrança de tarifa do lixo no município é questionada

Vereador Pedro Kawai utilizou a tribuna para criticar a cobrança de 100% da taxa do lixo


Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401


Em sua fala regimental de 10 minutos, na reunião ordinária desta quinta-feira (5), o vereador Pedro Kawai (PSDB) abordou a questão dos lixos e aterros sanitários no Brasil e, em especial, em Piracicaba.


Kawai destacou a assinatura do decreto do Plano Nacional de Resíduos Sólidos (Planares) e explicou que o Decreto Federal Nº 11.043, de 13 de abril de 2022, “regulamenta a questão do lixo e dos aterros e prevê o fim dos lixões”. O vereador frisa que o Planares reforça a determinação para o encerramento de todos os lixões no país até 2024.


“Dados de 2020 mostram que a cobrança da taxa do lixo é feita apenas por 29% dos municípios e o Governo Federal fez uma sugestão, que é cobrar a taxa do lixo de 100% dos brasileiros somente em 2024, não em 2022", disse.


"Eu falei nessa tribuna que Piracicaba não é obrigada a cobrar 100% da tarifa de lixo. Então, fica aqui meu registro da preocupação dessa cobrança, que a meu ver continua irregular”, finalizou.


Em sua fala, Pedro Kawai também destacou a questão do empreendedorismo e homenageou o ex-prefeito Mendes Thame que foi quem criou o MEI. “Em Piracicaba temos um grande exemplo que são as pessoas que trabalham com artesanato de diversos tipos. São diversas oportunidades de trabalho e Piracicaba é privilegiada no atendimento a essas pessoas”, afirmou.


A fala completa do vereador pode ser assistida no vídeo presente na matéria.

Texto: Daniela Teixeira - MTB 61.891

Supervisão: Rodrigo Alves - MTB 42.583

Imagens de TV: TV Câmara

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Lembro-me quando, pela primeira vez, trabalhei na Festa das Nações. Tinha 12 anos e, com meu pai e irmã, ajudei na montagem da barraca japonesa. Limpava e servia as mesas e varria o chão. Me sentia im