Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Moção parabeniza coronel do 10.º Batalhão por relevantes serviços

Propostitura do vereador Pedro Kawai registra a deferência da Câmara Municipal de Piracicaba ao legado de dedicação à segurança pública, do coronel Adriano Manoel Rédua.



A Câmara Municipal de Piracicaba, por intermédio do vereador Pedro Kawai (PSDB), na moção de aplausos 70/2021, aprovada na 11.ª reunião extraordinária, na tarde de ontem (29) parabeniza o tenente coronel do 10º Batalhão de Polícia Militar do Interior - Piracicaba, Adriano Manoel Rédua dos Santos, por iniciar o processo de afastamento para inatividade de carreira e pelos relevantes serviços prestados na área da segurança pública.

Formado em técnico de Processamento de Dados, no Cotuca (Colégio Técnico da Unicamp), em 1989, Adriano Rédua iniciou sua carreira militar no ano de 1991, no EB (Exército Brasileiro), vindo a se formar cadete da EsPCex (Escola Preparatória de Cadetes do Exército).

Filho de militar da Força Aérea Brasileira e de professora, Adriano ingressou na Academia de Polícia do Barro Branco, em 15 de janeiro de 1992, sendo promovido de aspirante à oficial, em 1994. Trabalhou por dois anos, 1995 e 1996, no policiamento em São Paulo, no 18.º Batalhão de Policia Militar Metropolitana, zona norte da capital, e três anos (1997 a 1999), em Campinas, no 8º Batalhão de Policia Militar do Interior, na função de comandante de Força Patrulha.

Após concluir o curso de Bombeiros para oficiais no ano de 2001, Adriano comandou o 1º GB (Grupamento de Bombeiros) da Vila Prudente, em São Paulo, exercendo a função de comando de área, em ocorrências até meados do ano de 2002.


Exerceu a função de chefe da seção de pessoal, do 15º GB (Sorocaba) em 2002/2003, atuando também como comandante de área, em ocorrências e se especializando em salvamento de enchentes.


No período compreendido entre maio de 2003 até o ano de 2009, trabalhou na sede do 16º GB de Piracicaba, como chefe de operações, comunicação social e de justiça e disciplina. No mesmo ano fez o curso de Gestão pela Qualidade e foi promovido a capitão, assumindo a função de chefe da seção operacional.


Em gosto de 2012, foi transferido para Rio Claro, onde comandou o 2º Subgrupamento de Bombeiros (2º SGB). Em janeiro de 2013 retornou para o policiamento, quando foi transferido para o 19º BPM/I, em Americana.


Em 2014 realizou curso de Direção Policial Preventiva e no ano de 2016 realizou o curso de aperfeiçoamento para oficiais (Mestrado), sendo promovido em 2017 ao posto de major, assumindo a função de coordenador operacional, exercendo essa função por dois anos, quando em 2019 assumiu a função de subcomandante do 19º Batalhão de Policia Militar do Interior.


Em 2020, foi promovido a tenente coronel, sendo classificado no 10º Batalhão de Polícia Militar do Interior - Piracicaba, onde durante sua gestão obteve reduções em todos os indicadores, tais como: homicídio doloso (-53,8%), furto (-10,1%), roubo (-30,2%), furto de veículos (-44,8%), roubo de veículos (-32,4%) e roubo de cargas (-71,4%).


Como comandante, sempre orientou a tropa a prestar um serviço de qualidade para toda população, servindo de exemplo a todos os policiais pela sua humildade, profissionalismo e uma liderança sem igual.


Após anos dedicados à causa pública, sempre com muita dedicação e entusiasmo, o tenente coronel Rédua inicia seus afastamentos para a inatividade na área da segurança pública."Conforme relatado, estamos frente à uma pessoa que exerceu uma belíssima carreira e, por onde passou conquistou e cativou muitos amigos e colegas", concluiu Pedro Kawai no teor da moção.




Texto: Martim Vieira - MTB 21.939

Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401

0 visualização0 comentário