Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Kawai atribui reeleição à participação social e economia de recursos

Parlamentar obteve 1.480 votos nas eleições municipais de 2020.


Em 2020, a sociedade foi surpreendida pela pandemia da Covid-19. Enquanto os números cresciam vertiginosamente, o desconhecido trouxe novos desafios a todos os setores da sociedade, especialmente ao Poder Legislativo. O vereador Pedro Kawai (PSDB), reeleito neste ano ao terceiro mandato, atribui a conquista, principalmente, as medidas emergenciais adotadas enquanto vice-presidente da Câmara, junto à Mesa Diretora, para otimização e economia de recursos públicos.


Os protocolos adotados pela Mesa Diretora nos últimos meses se pautaram na preservação da saúde da população e dos colaboradores da Casa, sem comprometer os principais serviços. Logo no início da pandemia, a Câmara abriu mão de parte do seu Orçamento de 2020 e destinou R$ 4,05 milhões para que o Executivo aplicasse nas ações de combate ao novo coronavírus.


Em agosto, a Mesa Diretora anunciou ainda a redução de R$ 7,21 milhões no Orçamento para o ano de 2021. Neste período, houve redução de despesas e reorganização do setor administrativo, o que inclui redução das horas-extras e revisão e cancelamento de contratos.

“A revisão dos contratos foi preponderante naquele momento. Conseguimos economizar sem prejudicar os funcionários. O maior impacto nisso tudo, foi poder desestigmatizar a visão que algumas pessoas têm em relação ao legislativo. Ser vereador não é comparecer duas vezes por semana na sessão. Demonstramos, na prática, que somos diferentes. Fizemos uma gestão austera, zelosa e pautada na responsabilidade social”, avalia Kawai.


O parlamentar, que obteve 1.480 votos nas eleições municipais de 2020, reconhece que as medidas restritivas adotadas em meio à crise foram impulsionadas pelas ações dos programas de participação social da Casa, dos quais ele tem muito orgulho de fazer parte. “Para além de fiscalizar, a Câmara possui um papel social muito importante”.


Entre os programas, Kawai destaca a criação do Parlamento Aberto e o Câmara Inclusiva. “Projetos que nos engradeceram enquanto gestores e fez da Câmara referência nacional”. Além disso, as campanhas anuais de conscientização promovidas pelo seu gabinete como a Julho Amarelo, Novembro Azul e Dezembro Vermelho, de prevenção às hepatites virais, saúde do homem e proteção e promoção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV, respectivamente, foram as responsáveis por consolidar a atual legislatura e garantir a próxima (2021-2024).


“O trabalho voluntário também é uma característica muito forte do meu mandato. Claro que, com o isolamento imposto pela pandemia, não foi possível realizar eventos em 2020. Mas durante todos os outros anos, fui muito ativo. Me fiz presente em todas as ocasiões em que fui chamado. O segredo da política é agregar pessoas, e isso eu fui capaz de fazer”, ponderou o parlamentar.


Embora possua uma base eleitoral bem diversificada, a colônia japonesa, os moradores do bairro da Paulista e as pessoas ligadas às entidades de proteção as crianças e ao adolescente formam o grupo responsável pela sua reeleição. “Neste ano, o número de votos caiu muito. Eu atribuo ao grande número de candidatos e abstenções, foi um ano atípico, mas a confiança em meu trabalho levou às pessoas a confiarem em mim, mais uma vez, o seu voto”.


PROJETOS - Kawai pretende, para o próximo mandato, abraçar uma bandeira que ficará órfã na Casa: a de defesa do Rio Corumbataí, uma das principais pautas defendidas pelo vereador José Longatto (PSDB) que encerra, em 2020, seu sétimo mandato.

“A defesa do rio Corumbataí tem sido feita brilhantemente pelo Longatto e, a partir do próximo ano, na sua ausência, pretendo dar continuidade a essa luta que não pode ser negligenciada”.


Ele explica que Piracicaba é dividida em seis regiões de abastecimento, sendo que quatro delas dependem do rio Corumbataí. Em época de estiagem, as seis dependem do mesmo rio. “Na próxima legislatura, irei focar, também, na questão ambiental. Procurar entender a fundo a questão das nascentes que deve ser a principal preocupação dos gestores públicos nos próximos anos”.


O parlamentar assegura, no entanto, que a diversidade, a luta pelos direitos da criança e do adolescente e da preservação da cultura japonesa não se afastarão dele. “Quero ser reconhecido como o vereador que trabalha, que é presente e atuante. Não tenho a pretensão de ser unanimidade, entendo que há pessoas que gostam e outras que não, e isso faz parte da democracia. O que não pode existir é a intolerância. O foco da próxima legislatura é continuar promovendo e incentivando o diálogo entre as pessoas e fortalecendo a democracia.


PERFIL - Pedro Motoitiro Kawai nasceu em Piracicaba, em cinco de março de 1971. É casado com Graciani Moreira Kawai e tem uma filha, Luana Kawai. É comerciante e tem ensino superior completo em administração de empresas pelo Centro Universitário UniSEB.

Entre outubro de 2006 e junho de 2012, foi diretor do Centro Cultural na Estação da Paulista. Foi também presidente do Conselho Municipal do Idoso de 2011 a 2012 e vice-presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de 2011 a 2012, período em que trabalhou junto ao Fumdeca (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).


Nas eleições de 2012, recebeu 2.329 votos e foi o décimo sexto candidato mais votado entre os 23 vereadores eleitos para a legislatura 2013-2016. Nas eleições de 2016, recebeu 2.258 votos e foi o décimo terceiro mais votado entre os 23 vereadores eleitos para a legislatura 2017-2020. Em 2020 foi reeleito ao terceiro mandato, com 1480 votos. É filiado ao PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira).


Atualmente é vice-presidente da Mesa Diretora, presidente da Comissão Permanente de Educação, Esportes, Cultura, Ciência e Tecnologia e membro da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.


Reportagem: Raquel Soares

Fotografia: Guilherme Leite

Câmara de Vereadores de Piracicaba




4 visualizações0 comentário