Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Escola do Legislativo: 1º semestre tem o melhor desempenho desde 2017

Dados semestrais foram apresentados em reunião on-line, na manhã desta terça-feira (6)




O desempenho das atividades do primeiro semestre de 2021 da Escola do Legislativo "Antonio Carlos Danelon - Totó Danelon", da Câmara Municipal de Piracicaba, foi o melhor apresentado desde 2017, quando a Escola foi implementada. Os dados da avaliação semestral foram apontados na reunião do Conselho da Escola do Legislativo, realizada, on-line, na manhã desta terça-feira (6).


A Escola do Legislativo desenvolveu 42 atividades durante o primeiro semestre de 2021: dois cursos, duas oficinas, três rodas de conversa e diálogo, dois minicursos e 33 palestras. As atividades da Escola contaram com 2.717 participantes e 1.802 alunos certificados. No mesmo período de 2020, a Escola contou com 1.734 participantes e 978 alunos certificados e durante o ano todo foram desenvolvidas 58 atividades .


Somente no primeiro semestre de 2021, 93 profissionais de ensino superior se credenciaram voluntariamente para o desenvolvimento de atividades docentes na Escola do Legislativo. Em 2020, foram 52 profissionais inscritos ao longo do ano.

Para a diretora da Escola do Legislativo, a vereadora Silvia Morales, do Mandato Coletivo A Cidade é Sua (PV), a produtividade do primeiro do semestre de 2021 e os resultados obtidos pela Escola são “gratificantes”.


A Simapira (Semanas Integradas do Meio Ambiente de Piracicaba) foi a principal atividade do mês de junho da Escola do Legislativo. Das 18 atividades desenvolvidas ao longo do mês, 12 foram sobre a temática. Os temas V e VI do ciclo de palestras “REURB sem mistérios”, que teve início no mês de maio, foram destaques na programação de junho da Escola juntamente com o tema inclusão, abordado na oficina “Libras para atendimento na área da saúde” e na palestra "Educação da pessoa com deficiência visual/cegueira".

Durante o mês, 897 alunos se inscreveram e foram convocados para realizar as atividades, 869 alunos participaram de pelo menos uma aula dos cursos e palestras, o que resultou no total de 498 alunos certificados.


A professora Heliani Berlatto (Esalq), conselheira da Escola, destacou o aumento da procura, engajamento e participação nos cursos. “A gente vê nitidamente o reflexo da intensidade do trabalho com o reflexo de palestras e cursos, quanto mais tem, mais engajamento gera e os números estão subindo”, disse.


A possibilidade de realizar aulas presenciais e on-line ao mesmo tempo, na volta das atividades presenciais, foi discutida pelos membros do Conselho que também discutiram e aprovaram propostas de temas para as próximas atividades da Escola. Para o professor Josué Adam Lazier (Unimep), conselheiro da Escola, alguns assuntos deveriam ser repercutidos mensalmente, como por exemplo, o tema suicídio, e não ficarem concentrados em um único mês e assim poder “conscientizar a população”.


Participaram da reunião do Conselho da Escola do Legislativo, a vereadora Silvia Morales (PV), diretora, o vereador Pedro Kawai (PSDB), coordenador, Heliani Berlatto, Josué Adam Lazier e Bruno Didoné, conselheiros, a funcionária Érica Dinis, da equipe de apoio da Escola e Pablo Carajol, membro do Mandato Coletivo.




Texto: Daniela Teixeira - MTB 61.891

Supervisão: Rodrigo Alves - MTB 42.583


46 visualizações0 comentário