Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Desistência do Hospital Veterinário gera questionamento

Piracicaba ficou fora do grupo de cidades contempladas pelo programa ‘Meu Pet’, do Governo de São Paulo



Piracicaba não terá mais um hospital veterinário. A informação foi revelada nesta segunda-feira (2) pelo governador João Doria Jr. (PSDB), que assinou os convênios com as cidades contempladas pelo programa Meu Pet, o qual prevê a liberação de recursos para a construção de dez unidades no interior. Duas já estão em fase de implantação: uma em Araçatuba e outra em Votuporanga. As demais serão construídas, até o final de 2022, em Barueri, Ribeirão Preto, Sorocaba, Santos, Registro, Jundiaí, São José do Rio Preto, e da vizinha Santa Bárbara d’Oeste.


O vereador Pedro Kawai (PSDB) recebeu a notícia com surpresa e disse não compreender o porquê de a cidade ter “ficado fora” da relação das cidades atendidas pelo programa estadual. “Já estou requerendo informações ao prefeito para que ele se explique. Não é aceitável que, depois de todo o empenho da prefeitura e da articulação com ONGs e cuidadores de animais, nossa cidade perca esta unidade tão importante para a saúde dos animais domésticos”, comentou.


Kawai lembrou que, no dia 26 de junho, uma comitiva formada pelo presidente da Câmara, Gilmar Rotta (Cidadania), a vereadora e protetora dos animais Alessandra Bellucci (Republicanos) e por ele, esteve no Palácio dos Bandeirantes, em audiência com o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, para tratar dos detalhes para a implantação do Hospital Veterinário.


Na oportunidade, o presidente da Câmara informou a Vinholi que a Câmara já havia votados o projeto para doação de área e que todo o processo estava “muito bem encaminhado”. Além disso, Gilmar Rotta mencionou que a demanda que gerou pedidos da Câmara ao Executivo ao longo da última década.


A área já havia sido doada pela gestão do ex-prefeito Barjas Negri (PSDB), no Terra Rica-Taquaral, por meio do decreto 18.188/2020, assinado em 14 de fevereiro de 2020. O terreno tem 1.742 metros, nas dimensões determinadas pelo Estado para instalação do hospital. “Me causa estranheza saber que uma cidade que acaba de se tornar polo de uma região metropolitana tenha perdido a oportunidade de ganhar um equipamento público dessa importância”, disse Kawai.


Depois da construção do hospital, a proposta era realizar parcerias com cursos de veterinária da cidade e com instituições do terceiro setor para a gestão e o atendimento gratuito a animais domésticos de pequeno porte. “Piracicaba desperdiçou uma valiosa oportunidade, abrindo mão dessa parceria, que poderá demorar anos para surgir como uma nova oportunidade”, lamentou o parlamentar.


Leia mais Prefeito assina decreto por Hospital Veterinário público em Piracicaba Vereadores pedem implantação do Hospital Veterinário de Piracicaba



Texto: Assessoria parlamentar

Supervisão: Rodrigo Alves - MTB 42.583

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401

5 visualizações0 comentário