Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Campanha de arrecadação de absorventes é reconhecida pela Câmara

Pedro Kawai (PSDB) destacou a importância da Moção de Aplausos de autoria das quatro vereadoras


Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946

O vereador Pedro Kawai (PSDB) ocupou a tribuna da Câmara na reunião desta segunda-feira (18), para elogiar a iniciativa das vereadoras Alessandra Bellucci (Republicanos), Ana Pavão (PL), Rai de Almeida (PT) e Sílvia Morales (PV), autoras da moção de aplausos 220/2021, que reconhece a importância da campanha “Absorvendo o Tabu”, desenvolvida pelo Colégio CLQ, para arrecadar absorventes íntimos, a serem destinados a adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social.


A iniciativa se soma à campanha Dignidade Íntima, desenvolvida pela Sociedade Metodista de Mulheres, da Catedral Metodista de Piracicaba, que destinou mais de 4 mil absorventes ao CRAM – Centro de Referência de Atendimento à Mulher, entre os meses de agosto e setembro passados.


Segundo Kawai, em um país no qual o presidente da República veta a distribuição de absorventes íntimos para estudantes da rede pública e pessoas em situação de rua, iniciativas como as do CLQ e da Igreja Metodista merecem o reconhecimento da Câmara de Piracicaba. “Infelizmente a sociedade tem que cumprir o papel que deveria ser obrigação do Estado, enquanto nação”, observou o parlamentar. O vereador lembrou que a Secretaria de Estado da Saúde já vem realizando a distribuição de absorventes menstruais há cerca de quatro meses, e isso tem gerado um impacto muito positivo junto à dignidade dessas mulheres.


Rai de Almeida reforçou a importância do apoio da Câmara de Piracicaba, lembrando que, no Brasil, segundo dados da ONU (Organização das Nações Unidas), 25% das estudantes já deixaram de ir à escola por razões menstruais. “Temos que enfrentar a pobreza menstrual, que é uma questão de desigualdade de gênero”, alertou. A vereadora Silvia Morales (PV), do Mandato Coletivo a Cidade É Sua, também aproveitou para destacar a importância de a sociedade enfrentar o problema que, segundo ela, “se trata de uma questão de saúde pública”.


Ao final do seu depoimento, o vereador Pedro Kawai também enalteceu a iniciativa das professoras, diretoras e gestoras escolares que, segundo ele, muitas vezes são a única fonte de informação para meninas que não têm com quem esclarecer suas dúvidas acerca da sua condição feminina.




Texto: Assessoria parlamentar / Miromar Rosa - MTB 17.063

Supervisão: Rodrigo Alves - MTB 42.583

Revisão: Miromar Rosa - MTB 17.063

3 visualizações0 comentário