Buscar
  • Vereador Pedro Kawai

Câmara aprova requerimento que pede detalhes sobre leitos para covid

Propositura do vereador Pedro Kawai (PSDB) gerou discussão no plenário durante a 7ª reunião extraordinária, na noite desta quinta-feira (15).




A Câmara Municipal de Piracicaba aprovou, na noite desta quinta-feira (15), durante a 7ª reunião extraordinária, o requerimento 411/2021, de autoria do vereador Pedro Kawai (PSDB), que solicita informações ao chefe do Executivo sobre o número de leitos públicos e privados destinados para o atendimento de casos de covid-19 no mês de março deste ano. A votação foi em discussão única.


“O meu objetivo é entender essa divulgação de vagas que está acontecendo nas mídias sociais da Prefeitura”, avalia Kawai. “Todos os vereadores recebem diversos casos de cidadãos pedindo internação em UTI, mas segundo os dados oficiais, embora tenha 88% de ocupação, a informação lá na ponta, quando a gente tenta fazer um encaminhamento, é que estão lotadas”, aponta.


A preocupação do vereador foi acompanhada por outros colegas, como o vereador Paulo Campos (Podemos). “Pessoas estão esperando para ser internadas, enquanto temos a antiga Clínica Amalfi e o antigo Hospital Unimed, que poderiam contribuir para atender essa demanda”, diz.


O presidente da Casa, Gilmar Rotta (Cidadania), também criticou a discrepância entre os dados que são divulgados e as informações que são passadas nas unidades de atendimento. “Precisa acertar estes números, trazendo a realidade dos fatos, porque muitas pessoas precisam de internação”, disse.


Também foram aprovados em discussão única os projetos de decreto legislativo 2 e 5, ambos de 2021, as moções 56, 57, 58 e 59, todas de 2021, e os requerimentos 359, 371, 392, 393, 394, 395, 396, 397, 398, 399, 400, 401, 402, 403, 404, 405, 406, 407, 408, 409 e 412, todos de 2021.


Em primeira discussão, na 7ª extraordinária, e depois em segunda discussão na 8ª, convocada para ocorrer na sequência, foram aprovados os projetos de lei 115, 119, 120, 121, 191, 192 e 194. O projeto de lei 54/2021, do Executivo, previsto para ser votado em primeira discussão, foi adiado por duas reuniões extraordinárias e deve retornar na Pauta na próxima segunda-feira (19). A participação dos vereadores ocorre via SDR (Sistema de Deliberação Remoto), em que apenas o presidente permanece no plenário "Francisco Antonio Coelho", com os demais parlamentares interagindo, por vídeo, de seus gabinetes ou residências.







Texto: Erich Vallim Vicente - MTB 40.337

Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


1 visualização0 comentário