top of page
Buscar
  • Foto do escritorVereador Pedro Kawai

Aos 50 anos, Salão Internacional de Humor de Piracicaba é homenageado

Salão de Humor é considerado uma das mais antigas iniciativas do segmento no mundo


Ao completar 50 anos de existência, o Salão Internacional de Humor de Piracicaba será homenageado pela Câmara Municipal através da moção de aplausos nº 15/2023, de autoria da vereadora Sílvia Morales, do Mandato Coletivo “A cidade é sua” (PV), aprovado pelo plenário na 4ª Reunião Ordinária, nesta segunda-feira (13). Também está inserido na homenagem o Salãozinho de Humor de Piracicaba, que completa 20 anos em 2023.


A vereadora destacou, no texto da moção, que o Salão de Humor é considerado uma das mais antigas iniciativas do segmento no mundo. Ela destacou que o evento cumpre o papel no universo das artes gráficas, ao oferecer um espaço de reflexão, discussão crítica e inovação sobre a arte e o humor. “O Salão, ano após ano, reafirma Piracicaba como uma espécie de ‘capital mundial do humor gráfico’, ao mesmo tempo que revela novos talentos e valorizando autores e obras históricas”, avalia a parlamentar.


Ela ressaltou, ainda, na moção, o histórico de resistência e atuação nos diferentes períodos da história do país, após ter surgido em 1974, em meio à ditadura militar, como “uma iniciativa corajosa (alguns diriam ‘afrontosa’) de um grupo de artistas, jornalistas e intelectuais piracicabanos que se reuniam em um bar chamado Café do Bule para conversar sobre assuntos da cidade, do Brasil e do mundo".


A primeira edição contou com a participação de Millôr, Ziraldo, Zélio, Jaguar, Fortuna e Ciça. Na segunda edição, iniciou-se o destaque do Salão de Piracicaba na mídia internacional, através de uma exposição do cartunista francês Cloude Molliterni. Nesse ano foram revelados talentos como Chico Caruso, Alci, Laerte, Angeli e outros.


O Salão Internacional de Humor de Piracicaba possui hoje um acervo constituído de 300 trabalhos com valor histórico, que retratam transformações sociais, ambientais, econômicas, políticas e culturais do Brasil e do mundo. O material fica no Centro Nacional de Pesquisa e Documentação do Humor de Piracicaba (Cedhu), localizado no Parque Engenho Central, sob a direção de Junior Cadeshi. Ele receberá a moção em parceria com o secretário municipal da Ação Cultural, Carlos Alberto Lordello Beltrame.


Na discussão, do requerimento, a vereadora Rai de Almeida (PT) salientou a importância do Salão de Humor para o cenário cultural da cidade. "O Salão de Humor é uma conquista dos artistas, principalmente os que resistiram nos anos de chumbo. A gente precisa rememorar o fato histórico do surgimento do Salão de Humor para fazer a crítica por meio do humor", destacou.


O vereador Pedro Kawai (PSDB) também discutiu a propositura e lembrou que o Salão de Humor foi importante para a discussão de questões como o racismo, o feminicídio, os direitos da criança e do adolescente. "O Salão de Humor retratou muitos questionamentos de realidades de momentos difíceis até de outros países que foram abordados aqui, em tempos em que não existiam as redes sociais", comentou.


Confira, no vídeo, a discussão da moção.




Texto: Aline Macário - MTB - 39.904

Supervisão: Rebeca Paroli Makhoul - MTB 25.992

Imagens de TV: TV Câmara

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page